Tentativa de homicídio em Sto Ant. do Grama
28/08/2013 11:32 em Destaque

SANTO ANTÔNIO DO GRAMA (MG) - A prefeita de Santo Antônio do Grama, na Zona da Mata mineira, sofreu uma tentativa de assassinato brutal na madrugada desta terça-feira (27). Por volta de 4h, a casa de Alcione Ferreira de Albuquerque Lima (PP-MG), eleita pela maioria dos pouco mais de 4 mil habitantes da cidade, foi metralhada. O carrodela, que fica na garagem da casa, localizada bem abaixo do quarto da prefeita, foi incendiado. Por sorte, ninguém foi  ferido.

"Foi um horror, eu estava dormindo e acordei com os tiros. Primeiro, achei que fosse alguém soltando essas bombinhas, mas depois os tiros não pararam mais. Só no meu quarto, nós contamos 38 tiros. Ainda queimaram o
carro bem abaixo do meu quarto", conta, assustada, Alcione. Após a série de tiros, ela correu com a família, formado pelo marido e uma filha de 22 anos, para o corredor da casa a fim de se proteger.

Ela ainda contou que está recebendo o apoio de deputados e prefeitos das cidades vizinhas. "Todos estão muito espantados com o ocorrido". O advogado da família, Leonardo Mouro, informou, que a comoção se estende também aos moradores da cidade. "Ela é uma pessoa muito querida aqui e os moradores estão chocados com o crime", disse.

A prefeita conta que tem algumas suspeitas, mas prefere não revelá-las para não atrapalhar as investigações da polícia. Familiares e amigos desconfiam que o atentado tenha motivos políticos.

Moradores e vizinhos disseram não terem visto nada, o que levanta ainda a suspeita de que o atentado tenha sido obra de uma organização criminosa.

O delegado Diogo Abdo, de Rio Casca, município vizinho a Santo Antônio do Grama, que está a frente do caso, informou que as investigações já começaram e correm em sigilo. Ele disse que está fazendo a oitiva das vítimas e testemunhas. A perícia apreendeu uma touca ninja que foi encontrada no local do crime.
Reportagem Juliana Baeta - O Tempo
COMENTÁRIOS